Certa vez, quando eu era mais garoto, lembro-me de ver um vídeo, nele, o apresentador te chamava de várias coisas: The boy wonder, the kid, the miracle man, the keeper’s nigthmare,  the phenomeno, the unstoppable, the number 9, the king! Rooooooooooonaldo! 
Ronaldo Luís Nazário de Lima. É, o garoto franzino, virou homem, conquistou o mundo com sua garra, com sua força, com seus dribles, com seus gols, com a sua mágica. Eu me lembro de 2002, o último jogo, uma das primeiras vezes que eu senti que o futebol viria a fazer parte da minha vida.
Ali, contra o homem de gelo, como o Oliver Khan era chamado na época, você mostrou a força do seu futebol, quem diria que aquele garoto brincalhão e do sorriso fácil faria o mundo se curvar ao seu futebol, entrar em êxtase a cada novo drible, a cada jogada, a cada gol.
Lembro das suas lesões, o mundo dizendo: É, dessa vez, o Ronaldo não voltará a jogar. Te subestimaram, não uma, não duas, mas três vezes. Na última, meu coração apertou ao te ver caído ali, não, você não podia parar, meu ídolo não deixaria a bola cair, eu sentia que não.
Os meses se passaram, então, você veio ao Brasil, começou a se recuperar no Flamengo, mostrava em alguns treinos a velha capacidade com a bola, o mundo já parava novamente para ver o Fenômeno se re-erguer. E então, lembro-me como se fosse ontem, no finalzinho de 2008, se realizava um dos meus sonhos mais impossíveis, R9 estava se acertando com o meu time do coração. Que alegria, minhas paixões se uniriam.
Ao lembrar disso, lembro-me de estar no carro com um amigo meu, infelizmente, palmerense e esse ousou dizer a blasfêmia: "Ronaldo no Corinthians? Não vai jogar nada, é só marketing". É, o mundo da bola não perdoa aqueles que duvidam dele e no dia 8 de Março de 2009 eu vi, o mundo viu, o meu amigo palmerense também viu: Escanteio pelo lado esquerdo aos 47 minutos do segundo tempo. Douglas na bola, partiu, bola levantada na área, na segunda trave, ELE estava lá, empatou o jogo com uma cabeçada não tão perfeita, já que essa não era sua melhor característica, mas fez o que sempre soube. Gol. Correu para a torcida e em um movimento de alegria, pulou no alambrado, a torcida, em completo êxtase o seguiu, o alambrado, não preparado para tanta emoção, caiu, mas a festa estava sendo feita. A história estava sendo re-escrita. Aqueles que duvidavam de você se calavam, o mundo comemorava, os povos curvavam-se novamente ao seu futebol.
O Fenômeno voltou. Seu nome estampava os mais variados jornais e lá estava ele, novamente, a majestade nunca sai daqueles que nascem com ela. E o mundo não sabia, mas tinha mais: Suas ótimas atuações que viriam em seguida, gols, passes, jogadas geniais e até títulos. Com direito até para um: "Que pique hein gordo?" 
Depois disso, infelizmente, o corpo já cansado, ia dando os sinais de que você precisava parar, mas você seguia em frente, ia calando os críticos, até que um dia, infelizmente, o corpo já não aguentava mais, precisava de um descanso e dessa vez, definitivo. 
Não, é você quem dá sempre a última palavra, você tem que dar mais um vôo, tem que mostrar novamente a sua majestade e hoje será esse dia, que esse vôo seja o seu melhor, você, mais do que ninguém, sabe o caminho que deve cursar.
E assim, o escritor dessas longas e mal-feitas linhas, arrepiado de emoção e com algumas lágrimas nos olhos, deseja-lhe sorte, que você brilhe, mais uma vez, para o mundo todo gravar: Com Ronaldo, não tem dúvida, é gol.
Obrigado Ronaldo por ser a inpiração dessas linhas, por ser a minha inspiração de garra e vontade, por você ser esse fenômeno que é e sempre foi. Muito obrigado Ronaldo.

Certa vez, quando eu era mais garoto, lembro-me de ver um vídeo, nele, o apresentador te chamava de várias coisas: The boy wonder, the kid, the miracle man, the keeper’s nigthmare,  the phenomeno, the unstoppable, the number 9, the king! Rooooooooooonaldo!

Ronaldo Luís Nazário de Lima. É, o garoto franzino, virou homem, conquistou o mundo com sua garra, com sua força, com seus dribles, com seus gols, com a sua mágica. Eu me lembro de 2002, o último jogo, uma das primeiras vezes que eu senti que o futebol viria a fazer parte da minha vida.

Ali, contra o homem de gelo, como o Oliver Khan era chamado na época, você mostrou a força do seu futebol, quem diria que aquele garoto brincalhão e do sorriso fácil faria o mundo se curvar ao seu futebol, entrar em êxtase a cada novo drible, a cada jogada, a cada gol.

Lembro das suas lesões, o mundo dizendo: É, dessa vez, o Ronaldo não voltará a jogar. Te subestimaram, não uma, não duas, mas três vezes. Na última, meu coração apertou ao te ver caído ali, não, você não podia parar, meu ídolo não deixaria a bola cair, eu sentia que não.

Os meses se passaram, então, você veio ao Brasil, começou a se recuperar no Flamengo, mostrava em alguns treinos a velha capacidade com a bola, o mundo já parava novamente para ver o Fenômeno se re-erguer. E então, lembro-me como se fosse ontem, no finalzinho de 2008, se realizava um dos meus sonhos mais impossíveis, R9 estava se acertando com o meu time do coração. Que alegria, minhas paixões se uniriam.

Ao lembrar disso, lembro-me de estar no carro com um amigo meu, infelizmente, palmerense e esse ousou dizer a blasfêmia: "Ronaldo no Corinthians? Não vai jogar nada, é só marketing". É, o mundo da bola não perdoa aqueles que duvidam dele e no dia 8 de Março de 2009 eu vi, o mundo viu, o meu amigo palmerense também viu: Escanteio pelo lado esquerdo aos 47 minutos do segundo tempo. Douglas na bola, partiu, bola levantada na área, na segunda trave, ELE estava lá, empatou o jogo com uma cabeçada não tão perfeita, já que essa não era sua melhor característica, mas fez o que sempre soube. Gol. Correu para a torcida e em um movimento de alegria, pulou no alambrado, a torcida, em completo êxtase o seguiu, o alambrado, não preparado para tanta emoção, caiu, mas a festa estava sendo feita. A história estava sendo re-escrita. Aqueles que duvidavam de você se calavam, o mundo comemorava, os povos curvavam-se novamente ao seu futebol.

O Fenômeno voltou. Seu nome estampava os mais variados jornais e lá estava ele, novamente, a majestade nunca sai daqueles que nascem com ela. E o mundo não sabia, mas tinha mais: Suas ótimas atuações que viriam em seguida, gols, passes, jogadas geniais e até títulos. Com direito até para um: "Que pique hein gordo?" 

Depois disso, infelizmente, o corpo já cansado, ia dando os sinais de que você precisava parar, mas você seguia em frente, ia calando os críticos, até que um dia, infelizmente, o corpo já não aguentava mais, precisava de um descanso e dessa vez, definitivo.

Não, é você quem dá sempre a última palavra, você tem que dar mais um vôo, tem que mostrar novamente a sua majestade e hoje será esse dia, que esse vôo seja o seu melhor, você, mais do que ninguém, sabe o caminho que deve cursar.

E assim, o escritor dessas longas e mal-feitas linhas, arrepiado de emoção e com algumas lágrimas nos olhos, deseja-lhe sorte, que você brilhe, mais uma vez, para o mundo todo gravar: Com Ronaldo, não tem dúvida, é gol.

Obrigado Ronaldo por ser a inpiração dessas linhas, por ser a minha inspiração de garra e vontade, por você ser esse fenômeno que é e sempre foi. Muito obrigado Ronaldo.

Postado em June 7, 2011 às 03:13
Tags: #Ronaldo #homenagem #ídolo #seleção #Corinthians #Joga #jogador #Futebol #Meus textos

117 notas:
  1. chosenbythestar reblogged this from chevalierdesangreal
  2. nascidoparaofutebol reblogged this from chevalierdesangreal
  3. shadow-of-a-ghost reblogged this from chevalierdesangreal
  4. noceucomdiamantes reblogged this from mylifewouldsuckwithoutthem
  5. im-in-love-with-chocolate-chips reblogged this from tiavera
  6. tiavera reblogged this from gustavogmb
  7. permitir-sentir reblogged this from gustavogmb
  8. gustavogmb reblogged this from chevalierdesangreal
  9. onrutas reblogged this from fernandanoviski and added:
    TAVA MAGRO NÉ
  10. fernandanoviski reblogged this from anttonieta
  11. jutreve reblogged this from alvesmariina
  12. clebep reblogged this from chevalierdesangreal
  13. everybodyliess reblogged this from gabsrib
  14. renatatg reblogged this from marcosbm
  15. dolfomc reblogged this from gabsrib
  16. marcosbm reblogged this from gabsrib
  17. completando-lhe reblogged this from gabsrib
  18. gaafurquim reblogged this from chevalierdesangreal
  19. truuetome reblogged this from chevalierdesangreal
  20. carolmajoor reblogged this from sil-hartof
  21. dudapicolo reblogged this from anttonieta
  22. sucarsrs reblogged this from timedopovo
  23. rafinhasouzapires reblogged this from tefazerfeliz
  24. canceriancat reblogged this from anttonieta
  25. xyuus reblogged this from timedopovo
  26. umbertonascimento reblogged this from republicacorinthiana
  27. mimihlena reblogged this from chevalierdesangreal
  28. efeitocolateraal reblogged this from anttonieta
  29. babyiloveitlol reblogged this from anttonieta
  30. rentaheart reblogged this from justanotherastronaut
  31. sentind0-muita-saudade reblogged this from garotacretina
  32. filipev reblogged this from timedopovo
  33. sil-hartof reblogged this from garotacretina and added:
    @ClaroRonaldo **—** aiin que lindo que escreveram para você!! Vc merece Fenômeno!
  34. noitedia reblogged this from enamorandome
  35. justanotherastronaut reblogged this from timedopovo
  36. endtheuntil reblogged this from cult-lesbian
  37. onde-sonhos-se-tornam-realidade reblogged this from cult-lesbian and added:
    Obrigado por tudo vei !
  38. cult-lesbian reblogged this from anttonieta
  39. anttonieta reblogged this from iheart-mikehe
  40. iheart-mikehe reblogged this from sportclubecorinthianspaulista
  41. i-want-toyou-stay reblogged this from timedopovo